Celulares comuns também são boas pedidas

Como temos acompanhado não só aqui no blog, mas em todo lugar, os smartphones estão tomando conta do mercado. As empresas se digladiando em busca de clientes criam cada vez mais aparelhos sofisticados, inteligentes… e caros. É muito bom poder contar com a tecnologia, mas não é preciso gastar muito para ter algumas das funções oferecidas por esses verdadeiros minicomputadores de bolso que são os smartphones. Seu celular ‘comunzinho’ que não custou tão caro e mesmo assim você pagou de 12 vezes pode te deixar conectado com o resto do mundo, não sendo usado apenas para fazer ou receber chamadas ou enviar e receber mensagens de texto.

Aparelhos populares

Apesar de travarem uma guerra de titãs, os fabricantes também não se esqueceram dos clientes das classes sociais C e D, afinal eles também são grandes consumidores de tecnologia, claro que dentro das possibilidades monetárias de cada um, por isso os fabricantes têm inovado. Alguns trazem alguns itens já existentes nos smartphones para os modelos mais comuns e acessíveis. Com R$ 200 ou até menos é possível comprar um celular que tenha acesso à internet e links diretos para sites mais usados como as principais redes sociais como Orkut, Twitter, Youtube, Myspace e Facebook, e sites de e-mails como Google e Hotmail. Além disso, é possível também contar com vários aplicativos pagos e gratuitos que podem ser baixados na internet do próprio celular, ou pelo computador e transferido para o aparelho.

Aparelhos celulares

Mas afinal, qual é a diferença?

A diferença entre pagar mais ou pagar menos por um aparelho celular, está no sistema operacional. Os smartphones mais tops e cobiçados do mercado atualmente geralmente usam um dos três grandes sistemas da atualidade: o iOS, da Apple, o Android, do Google, e o Windows Phone, da Microsoft. E é aqui que está um dos trunfos para reduzir o preço de venda dos aparelhos: utilizar sistemas mais simples, geralmente produzidos pelos próprios fabricantes. Há algum tempo atrás outros itens faziam diferença no preço dos aparelhos, como definição de imagem, resolução da câmera, conexão com a internet entre outros. Porém atualmente as grandes possibilidades trazidas pelos aparelhos mais simples, tornam os próprios aparelhos mais atrativos, além dos preços, bem mais em conta, é claro. Mesmo com um sistema operacional mais simplificado esses aparelhos baixam e instalam aplicativos, além de alguns modelos possuírem rádio FM, tocador de MP3, câmera fotográfica de resolução bem razoável e até conexão 3G.

Internet como aliada

A internet surge também como uma grande aliada de quem quer ter um aparelho incrementado sem gastar muito. Primeiro é que se pode pesquisar nos diversos sites de compra sobre os aparelhos celulares que se quer, comparar preços e ainda ler comentários de pessoas que já compraram determinado modelo de aparelho. Outra facilidade trazida pela web é a gama de blogs e sites desenvolvidos para falar especificamente de alguns aparelhos, por exemplo, se você já comprou há algum tempo o já fora de linha Motorola EX115, pode incrementar o aparelho com um blog criado por um internauta especificamente para este aparelho, com quase três mil curtidas oferece jogos e aplicativos para baixar, além de disponibilizar dicas e tutorias e tirar dúvidas.